Você conhece a erva Capim-Santo? Você vai se surpreender com todos os poderes desta planta!



Por mais que esta seja uma das ervas mais consumidas em todo Brasil, poucas pessoas sabem exatamente quais são todos os benefícios do capim-santo/capim cidreira para a saúde. Por este motivo, elaboramos esta lista considerando excelentes motivos para iniciar o consumo desta planta hoje mesmo. Confira!

Lista com 10 benefícios do capim-santo/capim cidreira
1 – Combate a insônia
Um dos benefícios do capim-santo/capim cidreira mais conhecidos pela população consiste no poder relaxante que esta planta possui.¨Com isso, o chá de capim cidreira ingerido antes de dormir é tido como um dos grandes aliados de um sono revigorante.

2 – Alivia dor de cabeça
Devido às propriedades analgésicas desta planta, ela é considerada uma excelente combatente natural das dores de cabeça, incluindo os casos de enxaqueca.

3 – Combate cólicas menstruais
As propriedades naturalmente relaxantes e analgésicas desta planta atuam também no alívio das dolorosas cólicas menstruais.

4 – Diminui a ansiedade e o estresse
Entre os benefícios do capim-santo/capim cidreira, destaca-se o papel que ele exerce na diminuição da ansiedade e do estresse.¨Além de favorecer o descanso da mente e do corpo por meio do sono, as propriedades desta planta contribuem para o relaxamento dos nervos.

5 – Ajuda a emagrecer
Embora muitas pessoas desconheçam este fato, o chá de capim-santo está entre os grandes aliados do processo de emagrecimento, já que ele previne a retenção de líquidos pelo organismo.

6 – Favorece a digestão
As substâncias relaxantes do capim-santo contribuem também para relaxar os músculos estomacais, favorecendo o processo digestivo e evitando uma série de complicações gastrointestinais.

7 – Melhora o intestino
Além de favorecer as funções típicas do estômago, entre os benefícios do capim-santo/capim cidreira está o fato de esta planta melhorar as atividades intestinais, evitando a formação de gases e a constipação.



8 – Diminui a pressão arterial
Além dos benefícios já apresentados, o capim-santo atua também na diminuição da pressão arterial, fator essencial para manter a saúde cardiovascular, diminuindo os riscos de infartos e derrames. Ademais, por atuar no relaxamento dos músculos, ele também evita uma série de problemas relacionados à má circulação, como inchaço e dores nas pernas.

9 – Alivia dores reumáticas
Graças às propriedades naturalmente analgésicas desta planta, ela é bastante eficaz no alívio das terríveis dores causadas por doenças reumáticas como artrite e gota, por exemplo.

10 – Combate gripes e resfriados
Em virtude das propriedades antibacterianas e antifúngicas desta planta, o consumo do chá de capim cidreira é muito benéfico na prevenção e tratamento de gripes e resfriados, auxiliando também no alívio da tosse.

Receita do chá de capim cidreira
Ingredientes

1 xícara (chá) de água;
50g de folhas de capim cidreira frescas (preferencialmente) ou em erva;
2 colheres (chá) de açúcar.

Preparo

Lavar bem as folhas de capim cidreira, removendo a poeira e demais resíduos;
Cortar as folhas de capim cidreira em pequenos pedaços (com a ajuda de uma tesoura);
Em um recipiente, amassar suavemente as folhas picadas e reservar;
Aquecer a água separadamente e desligar o fogo segundos antes de iniciar o processo de fervura;
Em uma xícara, colocar as folhas amassadas e despejar sobre elas a água bem quente logo em seguida;
Tampar a mistura e deixá-la descansando por 10 minutos, permitindo que a água absorva bem as propriedades da planta;
Coar, adoçar e ingerir ainda morno (preferencialmente antes de deitar para dormir).
É importante frisar que este chá pode também ser consumido gelado e, caso seja de preferência, com algumas folhas de hortelã. Isso faz com que o capim cidreira consista numa das melhores opções de chás tanto para os dias mais frios quanto para os quentes, mantendo todos os benefícios que ele oferece para a saúde.

Como é possível perceber, usufruir dos muitos benefícios do capim-santo/capim cidreira é algo bastante simples.

Advertências
Pode potencializar o efeito de medicamentos sedativos, diminuído a pressão arterial e até causar desmaios. Quando utilizada externamente pode causar queimaduras na pele, se depois de aplicar a planta expor-se ao sol, e por isso, é preciso lavar a região tratada após cada utilização. Não usar durante a gravidez, pois doses elevadas podem causar aborto.


Você também vai gostar: