Grávida responde a palavras ofensivas por ter a barriga “negra demais”.

Quando publicamos fotos nossas ou de nossa família nas redes sociais, qualquer pessoa pode ter acesso a elas da comodidade que lhes dá o anonimato. Você entra no Instagram, vê uma foto, forma uma opinião a respeito, e decide comentar para que o resto do mundo saiba o que você pensa. O ruim é que, às vezes, nós não pensamos nos sentimentos da pessoa retratada na foto. Achamos alguém gordo? Magro demais? Feio? Então comentamos. Quem se importa se essa pessoa é complexada por causa do seu físico e nosso comentário a faz se sentir mal consigo mesma ou isso a fere psicologicamente?

Algo desse tipo aconteceu a Porsche Thomas, atriz, modelo e escritora. Porsche estava na 35ª semana de gravidez; grávida nada mais, nada menos do que de gêmeos, porém, quando publicou uma foto sua de biquíni (com a barriga aparecendo) no Instagram em dezembro de 2016, nunca pensou que alguém pudesse dizer algo ruim.

 

 

Snap 2017-11-08 at 21.12.09

“Aproveitando até o último momento. Apenas duas semanas para que esses meninos façam sua estreia. Muito animada e totalmente nervosa. Que jeito maravilhoso de começar 2017″, comentou Porsche na legenda da foto. Mas então, chegaram as duras palavras de diferentes internautas.

Alguém a chamou de “asquerosa”, enquanto outra pessoa perguntou por que sua barriga era tão negra. Porsche ficou chocada e não entendia como alguém podia ser tão ruim e mesquinho. Insultar uma pessoa por seu físico já é deplorável, mas fazer isso com uma grávida repleta de vontade de trazer seus filhos ao mundo é realmente repugnante. Porém, Porsche não ficou calada…


A modelo e atriz decidiu publicar a seguinte foto em resposta às terríveis críticas. Junto à foto ela escreveu: “Enquanto alguns de vocês comentaram o quanto a minha barriga era negra, e eu também, durante o que deveriam ser suas festividades natalinas, eu estive aqui aproveitando a vida, gestando pequenos humanos, fazendo milagres e, espero, ficando cada vez mais negra”.

Desde que publicou estas palavras, muitas pessoas saíram em sua defesa. “Você é tão bonita, a melanina da sua pele faz você parecer uma deusa”, escreveu uma pessoa. Outra comentou: “você é linda e a sua barriguinha de grávida está radiante de beleza. Siga brilhando!”

E no dia 1 de janeiro deste ano, por fim, aconteceu o milagre: o gêmeos August e Berlin vieram ao mundo saudáveis e fortes.

Desde então, Porsche é uma mamãe feliz, orgulhosa de seus preciosos bebês que vê crescer a cada dia. Claro, muitas pessoas felicitaram a bela mamãe e é certo que seus bebês têm a quem puxar. Eles não são lindos?

Toda mãe é bonita, ainda mais quando está grávida. Desde quando o milagre da vida é asqueroso ou sujeito a críticas devido a cor da pele? É preciso ser muito cruel para fazer comentários desse tipo. O que você achou da reação de Porsche diante das críticas? 

Você também vai gostar:

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.

*