8 MOTIVOS PARA NUNCA MAIS COMER ATUM – COM O NÚMERO 1, VOCÊ VAI FICAR CHOCADO!

O peixe é um alimento saudável, correto?

Não é bem assim.

O atum, por exemplo, não é nem um pouco saudável.

O pior é que esse peixe está entre os mais populares e consumidos no mundo.

Mas pode acreditar: atualmente é um dos maiores venenos que se pode colocar na cozinha.

Veja oito motivos pelos quais você deve parar de consumir atum:

1. Absorção de metais pesados

Quando jogamos os poluentes no mar, muitos peixinhos são contaminados com os metais pesados.

Atuns são peixes que se alimentam de outros peixes menores.

Por isso, acabam consumindo também mercúrio.

Então se comemos atum, estamos nos contaminando também.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde, basta um pouquinho de metal pesado para danificarmos nosso sistema digestivo, rins, pele, sistema nervoso e sistema imunológico.

Agora imagine se a quantidade de mercúrio for muito alta…

Além disso, muito provavelmente a pessoa, desenvolverá problemas cognitivos.

Não vale a desculpa de que a quantidade é pequena.

Com o consumo regular de atum, haverá o efeito cumulativo e, mais cedo ou mais tarde, a intoxicação do corpo.

2. Alto teor de sódio

Muitos atletas adoram comer atum enlatado, já que o alimento é rico em proteína e ajuda no crescimento dos músculos.

O problema é que, além da proteína, ele possui bastante sódio.

Isso significa que o consumo regular poderá causar problemas como presão alta e insuficiência renal.

3. Práticas de pesca torturadora

O atum é um dos peixes que mais sofrem durante a pesca.

Eles são capturados em redes gigantes e frequentemente esmagados uns contra os outros, quando a rede é puxada.

Os que chegam vivos dentro do barco são mortos a pancadas e, em seguida, são jogados na câmara frigorífica.

Os peixes menores, que não se debatem tanto, são jogados na câmara e têm uma morte lenta por congelamento e sufocamento.

Isso deve, no mínimo, nos fazer refletir.


4. Peixes de cativeiro

Aumenta-se a cada ano o número de cativeiros para peixes.

E o atum não está fora disso.

Nesses cativeiros, o atum é criado de forma muito precária, pois o espaço costuma ser pequeno para a quantidade de peixes.

Além disso, o alimento não é natural.

A intenção é apenas engordar os animais, matá-los e vendê-los.

atum

5. Produtos químicos nocivos

Como já dissemos, o mar é bastante contaminado com nossos poluentes.

Por isso que é cheio de produtos químicos bastante tóxicos, que acabam sendo consumidos pelos atuns.

Alguns desses produtos são o bifenilpoliclorado e as dioxinas, que são substâncias cancerígenas.

6. Risco de intoxicação alimentar

Segundo o Centro Americano de Controle e Prevenção de Doenças, 75% dos casos de intoxicação alimentar que ocorrem no mundo são causados pelo consumo de frutos do mar.

Para diminuir esse risco, é muito importa consumir os alimentos frescos e bem preparados.

7. A pesca do atum mata golfinhos

É muito triste!

Além da terrível morte do atum, os golfinhos também acabam sofrendo nessa pesca.

Isso porque eles costumam cair na mesma rede, assim como alguns tubarões e outros animais marinhos.

8. Poluição dos oceanos

A indústria da pesca é responsável por uma grande parte da poluição da água mundial.

Isso porque ela libera muito lixo através dos artefatos presentes nos barcos.

Essa poluição é mortal para a vida marinha.

Os pássaros, que confundem o plástico com alimento, também acabam morrendo presos ou sufocados.

Se você come atum em busca de ômega 3, saiba que ele pode ser substituído por semente de linhaça, chia, óleo de canola e de nozes.

O fato é que basta um desses oito motivos para você parar de comer atum imediatamente: atualmente ele está contaminado por mercúrio.

E seu consumo regular vai acabar intoxicando você.

Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.

Você também vai gostar:

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.

*